Segunda, 15 de Julho de 2019
Seleção de Tite tem 83% de aproveitamento sem Neymar
22/03/2019 as 14:38 | Brasil | Da Redaçao
Depois de praticamente um ano, a Seleção Brasileira voltará a jogar sem Neymar, neste sábado (23), às 14h (de Brasília). O craque está lesionado e por isso não participará do amistoso contra o Panamá, em Portugal. É um desfalque grave, mas o técnico Tite tem um retrospecto animador. A equipe dele conquistou 83% dos pontos que disputou sem Neymar. Foram 6 jogos, 5 vitórias e só uma derrota.

A última vez que o Brasil jogou sem o atacante do PSG foi em 27 de março de 2018, no amistoso contra a Alemanha. Foi o primeiro reencontro das equipes após o “7 a 1” da Copa do Mundo de 2014. E a equipe de Tite conseguiu jogar bem e vencer por 1 a 0, com gol de Gabriel Jesus. Naquela partida Tite optou por colocar um meio-campista (Fernandinho) na vaga de Neymar.

Dias antes desta partida, o Brasil enfrentou a Rússia, também sem Neymar. E a equipe conseguiu mais uma boa atuação, com vitória por 3 a 0. Douglas Costa foi o substituto de Neymar. Miranda, Paulinho e Philippe Coutinho fizeram os gols.

Antes de 2018, Tite comandou 4 jogos sem Neymar. A única derrota foi em amistoso contra a Argentina, por 1 a 0. Diante da Venezuela, em jogo das Eliminatórias para Copa do Mundo, a Seleção venceu a Venezuela por 2 a 0, sem problemas.

O Brasil também jogou sem Neymar em amistosos contra Colômbia e Austrália, em 2017. O primeiro foi mais difícil, pois a Seleção só usou jogadores que atuavam no futebol local. Dudu fez o gol da vitória por 1 a 0. Mas diante dos australianos o Brasil não passou sufoco. Foi 4 a 0, com 2 gols de Diego Souza. Taison substituiu Neymar e também marcou.

Diante do Panamá, Philippe Coutinho deve ser o substituto de Neymar na prática. Ele provavelmente será escalado na ponta esquerda, mas terá liberdade para se movimentar pelo campo, assim como faz o craque do PSG na Seleção Brasileira. Richarlison, do Everton, deve atuar na ponta direita. Roberto Firmino será o centroavante.

A provável escalação do Brasil é com Ederson; Fagner, Éder Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá, Philippe Coutinho e Richarlison; Firmino.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com