Quarta, 14 de Novembro de 2018
Empresa força funcionários a beber urina e comer baratas
08/11/2018 as 11:35 | Mundo | Da Redaçao
Funcionários de uma empresa chinesa que não bateram metas de vendas foram forçados a beber urina e comer baratas, segundo a imprensa local. Três gerentes da companhia foram presos.

Segundo a BBC News, a polícia ficou sabendo do caso quando vídeos dos trabalhadores sendo chicoteados e tomando um líquido amarelo viralizaram na Sina Weibo, rede social mais usada no país.

Em um dos vídeos, um homem aparece de pé no meio de um círculo, enquanto é chicoteado com um cinto por uma mulher. De acordo com as postagens, os funcionários também foram obrigados a comer baratas.

Ainda de acordo com o texto, eles seriam funcionários de uma empresa de reforma de casas na cidade de Guizhou.

A imprensa local informou que a empresa punia e humilhava os funcionários de várias formas, como obrigando-os a beber água da privada ou vinagre, além de raspar a cabeça.

Os membros da equipe estariam há dois meses sem receber salário e tinham medo de perder o emprego ao denunciar os abusos.

Três gerentes da empresa foram presos pela polícia do condado de Zunyi.

Este não é o primeiro caso de abusos cometidos por empresas para punir, envergonhar ou encorajar funcionários no país. Relatórios anteriores revelaram casos de empregados batendo uns nos outros em evento corporativo para aumentar a motivação, e funcionários forçados a engatinhar em via pública e a beijar latas de lixo como punição.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com