Sábado, 20 de Outubro de 2018
Ex-presidente do PEN afirma que não filiou vereador Cidinho
26/04/2018 as 15:16 | Fernandópolis | Da Redaçao
O ex-presidente do PEN, Luiz Henrique da Silva, mais conhecido como Rico, negou a reportagem do RN que teria filiado o vereador Aparecido Moreira da Silva, o Cidinho do Paraiso, no partido.

Segundo ele, a executiva municipal de Fernandópolis foi dissolvida pela direção estadual do PEN por falta de prestação de contas após as eleições de 2016.

Rico explicou que pode ter havido um erro de sistema no TSE, mas disse que teve a informação que Cidinho havia sido desligado do PR no último dia 16 de abril deste ano.

“Não fiz filiação nenhuma do vereador. Chegou ao meu conhecimento que ele foi desfiliado do atual partido no último dia 16, e como ele já pertenceu ao PEN, o sistema teria indicado que ele estava ainda filiado neste partido”.

Rico, que está fora de Fernandópolis, disse que pretende esclarecer os fatos apresentando documentos. Para ele, Cidinho do Paraíso está sem partido político.


O FATO

O vereador eleito pelo PR, Aparecido Moreira da Silva, foi surpreendido na semana passada com a notícia que estaria filiado a outro partido sem o próprio consentimento, o que causaria transtorno e ameaça ao cargo.

O nome dele não constava na relação e filiados da legenda, de acordo com o Filiaweb, página do Tribunal Superior Eleitoral. Por causa da Lei de Fidelidade Partidária, Cidinho não poderia disputar uma vaga na Câmara dos Deputados e correria o risco de ter seu mandato cassado, caso confirmada a mudança.

Nesta quinta-feira, ele teria ido a Policia Federal em Jales registrar o fato. Ele também deve recorre a Justiça para poder disputar as eleições deste ano ao cargo de deputado estadual.

É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com