Domingo, 19 de Novembro de 2017
PM apreende armas em sítio que teria guardado caminhão incendiado
21/10/2017 as 09:43 | Buritama | Regional Press
A Polícia Militar apreendeu duas espingardas de calibres 28 e 38, uma delas com silenciador, em um sítio na zona rural de Buritama, na tarde desta sexta-feira (20).

A propriedade rural pode ter ligação com o mega-assalto realizado na empresa de segurança Protege, em Araçatuba, na segunda-feira passada.

Na ocasião, ao menos R$ 10 milhões foram roubados após criminoso, fortemente armados, explodirem parte do imóvel, que fica no bairro Santana.

A ação levou terror à população e também deixou um rastro de destruição na quadra onde fica a empresa de segurança.

Além disso, os bandidos colocaram fogo em dois caminhões ao lado do CPI-10, quartel da PM que fica a 700 metros do local.

E foi um desses caminhões incendiados que levou a polícia a revistar o sítio na zona rural de Buritama, nesta sexta-feira.

A hipótese é que o veículo tenha permanecido na propriedade rural de quarta-feira da semana passada até o sábado, dois dias antes do assalto. No entanto, nada foi comprovado ainda.

Ao seguir a pista do caminhão, os policiais chegaram ao sítio, que foi revistado com ordem da Justiça e com apoio de várias equipes da PM.

Um caseiro, de 47 anos, foi preso por posse ilegal de armas e acessório proibido. O caseiro negou relação com o crime ocorrido em Araçatuba. No entanto, a polícia continua investigando o esquema.

Além das armas, a PM apreendeu no sítio várias munições de calibre 38. “Temos recebido diversas denúncias e uma delas nos levou até esse sítio, em Buritama”, disse o capitão Vander Duarte, comandante da Força Tática.

“Continuamos apurando tudo com o intuito de identificar e prender os assaltantes, bem como apreender as armas usadas por eles”.

A polícia acredita que as armas apreendidas no sítio não teriam sido usadas no assalto, que foi praticado com vários fuzis e até metralhadora ponto 50 (antiaérea). Na ação criminosa, um policial civil foi morto a tiros pelos bandidos.
MAIS LIDAS
ULTIMAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com