Terça, 22 de Agosto de 2017
Bordeaux recusa novo empréstimo do Corinthians por Pablo
12/08/2017 as 11:54 | Brasil | Da Redaçao
A negociação envolvendo a permanência de Pablo no Corinthians ganhou mais um capítulo.

A diretoria corintiana tinha conversas bem adiantadas para conseguir prorrogar o vínculo do defensor por mais seis meses e depois o contrataria em definitivo. Entretanto, os franceses decidiram recusar o que estava acertado verbalmente e avisaram que só aceitam vender o atleta.

O Estado apurou que o Bordeaux estava propenso a prorrogar o vínculo do zagueiro por mais seis meses, mas avisou a diretoria corintiana de que não irá mais aceitar tal condição e exige o pagamento do valor acertado anteriormente para que Pablo permaneça no clube na próxima temporada.

A situação atual é que o Corinthians precisa pagar 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 4,4 milhões) e ainda ceder os 15% dos direitos econômicos do atacante Malcom, para comprar Pablo. Caso contrário, o zagueiro vai embora no fim do ano, já que seu contrato atual de empréstimo se encerra em dezembro.
A ideia da diretoria corintiana era prorrogar o contrato de empréstimo para ter mais tempo de conseguir o dinheiro para contratar o zagueiro e pagar seu empresário, Fernando César.

Na semana passada, César anunciou que as negociações entre ele e o Corinthians estavam paralisadas, pois ele acusava o clube de não cumprir o combinado. Segundo César, ele ficou responsável por negociar com o Bordeaux e, em troca, receberia suas luvas pela transação à vista ou em pequenas parcelas - no máximo, até o fim do mandato do presidente Roberto de Andrade. Entretanto, o Corinthians lhe ofereceu o pagamento em 54 parcelas.

Após reclamar publicamente, César foi chamado para uma nova reunião e as conversas voltaram a caminhar bem, mas a negociação pode sofrer um novo revés com a recusa de um novo empréstimo do Bordeaux. Enquanto aguarda para saber onde jogará em 2018, Pablo se recupera de uma contratura na coxa direita e deverá desfalcar o time por mais algumas partidas.

A reportagem tentou em contato com o empresário de Pablo, que pediu para não se manifestar até que a situação seja resolvida. Já no Corinthians, a diretoria não respondeu até a publicação desta matéria.
MAIS LIDAS
ULTIMAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com