Sábado, 24 de Agosto de 2019
Com time misto, Brasil passa fácil pela China e se recupera
16/06/2019 as 08:42 | Brasil | Da Redaçao
A seleção brasileira masculina de vôlei se recuperou da dolorida derrota sofrida para a Sérvia na última sexta-feira, que derrubou a invencibilidade da equipe na Liga das Nações, e passou fácil pela China neste sábado com um triunfo por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/18 e 25/22.

A partida foi a segunda da terceira semana de disputas da competição na cidade de Gondomar, em Portugal. Com o triunfo, o Brasil soma, agora, 19 pontos e se manteve no terceiro lugar, atrás da Rússia, que derrotou o Canadá por 3 a 1, e do líder Irã, que passou pela Polônia por 3 a 2. No entanto, a França, quarta colocada, ainda joga neste sábado contra a Argentina e pode ultrapassar o time brasileiro. A China é a lanterna e venceu apenas um jogo no torneio.

Os brasileiros chegaram à sétima vitória em oito jogos no torneio. Os outros triunfos foram sobre Estados Unidos, Austrália e Polônia, em Katowice, na Polônia, e Irã, Japão e Argentina, em Tóquio, no Japão.

O técnico Renan Dal Zotto optou por poupar jogadores importantes e escalou uma equipe mista para o duelo – o levantador Bruninho fez sua primeira partida completa pela equipe nacional neste ano A decisão se mostrou acertada, já que os brasileiros atropelaram a frágil seleção chinesa. O ataque e o saque, com Isac, além do ajuste na recepção e nos passes, foram os pontos fortes do Brasil no jogo, que poderia ter sido ainda mais fácil se não fossem os erros demasiados.

No primeiro set, a força na defesa e no bloqueio e os saques forçados de Isac fizeram com que o Brasil abrisse logo de cara 5 a 0 e tivesse calma para a sequência da parcial. Lucarelli se destacou no ataque a equipe nacional fechou o set em 25/15, sendo que quase metade dos pontos do rival (sete) foram de erros brasileiros.

As falhas se repetiram no segundo set, mas não foram, novamente, determinantes. A China passou a virar a bola com menos dificuldade e equilibrou o jogo, de modo que o Brasil ficou em vantagem em alguns momentos por apenas um ponto, mas, no final, a qualidade técnica fez a diferença e a parcial foi fechada em 25/18, sendo que 18 dos pontos brasileiros foram de ataque.

No terceiro set, a história se repetiu, de modo que a equipe de Renan Dal Zotto cometeu alguns erros em sequência, mas sobrou no ataque, desta vez com as viradas do ponteiro Douglas, e no saque para abrir vantagem no placar, fechar o set em 25/22 e o jogo com tranquilidade.

A seleção brasileira retorna à quadra neste domingo, às 14 horas (de Brasília) contra Portugal.
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com