Segunda, 24 de Junho de 2019
Servidoras de creche são suspeitas de condutas inadequadas
09/06/2019 as 08:40 | Votuporanga | A Cidade
A Prefeitura Municipal de Votuporanga abriu, na semana passada, uma sindicância para investigar as atitudes de três servidoras de uma creche na cidade.

O jornal A Cidade apurou que as mulheres são suspeitas de terem condutas inadequadas com uma criança da unidade de ensino.

Conforme a reportagem apurou, as imagens gravadas pelas câmeras mostram condutas, no mínimo, questionáveis por parte das servidoras, por isso o Poder Executivo abriu sindicância, justamente para verificar essas ações.

Também foi apurado que não existiram agressões físicas, mas que a forma com que as mulheres lidaram precisam ser analisadas. O caso aconteceu no Cemei (Centro Municipal de Educação Infantil) Professora Ana Ferreira dos Santos, no bairro São Cosme, Zona Leste do município.

Questionada sobre quais foram as condutas das trabalhadoras, a Administração Municipal informou que “os detalhes das investigações devem ser preservados, bem como o direito dos envolvidos ao contraditório e ampla defesa”. “Todos os processos disciplinares podem resultar desde o arquivamento, passando por advertência e suspensão, até exoneração”, esclareceu a Prefeitura.

Segundo a Administração Municipal, o procurador do município – corregedor-geral, relata que em um memorando encaminhado pela Secretaria Municipal de Educação aponta condutas funcionais de educadoras infantis e técnica em educação do Cemei Professora Ana Ferreira dos Santos. As condutas, que estão gravadas em mídia, contrariam, em tese, a legislação que dispõe “sobre os deveres do servidor” e a lei “sobre os deveres dos funcionários da carreira do magistério”. Por isso, foi necessária a apuração, respeitando-se, todavia, o direito do contraditório e da ampla defesa nos termos da Constituição Federal.

Por conta das suspeitas, o procurador-geral do município instaurou processo de sindicância contra três servidoras do Cemei Professora Ana Ferreira dos Santos. Duas pessoas foram nomeadas para acompanhar o processo, que deverá estar concluído no prazo de 30 dias, prorrogáveis por igual período caso exista necessidade.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com