Quarta, 18 de Setembro de 2019
Suspeitas de torturar criança devem ser transferidas a Tremembé
07/06/2019 as 16:11 | Bálsamo | SBT Interior
As duas mulheres presas suspeitas de torturar uma criança de oito anos devem ser transferidas para o Presídio Feminino de Tremembé (SP). O caso aconteceu em Bálsamo, na região de São José do Rio Preto (SP).

As duas estão presas temporariamente na cadeia feminina de Nhandeara.

​Segundo informações do delegado que cuida do caso, as outras presas não estariam aceitando bem o convívio com elas e, por questão de segurança​, decidiram pela transferência​.

A transferência deve ocorrer nos próximos dias. Todas as testemunhas já foram ouvidas e a polícia aguarda um exame do IML​ (Instituto Médico Legal) para​ complementar uma autorização judicial para acessar o conteúdo dos ​três​ telefones celulares apreendi​​dos.

​O CRIME

O crime aconteceu no dia 18 de maio, por volta das 19 horas. O menino ​foi​ obrigado a ajoelhar-se​,​ por mais de uma hora, sobre grãos de arroz. O menor também foi forçado a ficar todo o período olhando para uma parede, além de comer meio copo de arroz cru misturado com óleo de soja.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia no mesmo dia do crime, por um conselheiro tutelar.

Segundo o documento, o menino se queixou de dores no polegar da mão esquerda e disse que a mãe o havia agredido com uma vassoura. Em depoimento, a mulher confirmou a agressão, mas disse que usou um cinto para bater no filho.

O motivo seria que a criança estava “inventando coisas” para uma vizinha, conforme o relato.

A criança passou por atendimento no ​pronto-socorro da cidade e um inquérito foi instaurado ​para investigar o caso. Se condenadas, as suspeitas podem pegar de dois a oito anos de prisão.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com