Quarta, 26 de Junho de 2019
‘Campanha contra Abuso e Exploração’ alcança centenas de pessoas
06/06/2019 as 06:50 | Fernandópolis | Da Redaçao
Neste ano, campanha levou ao público o espetáculo teatral “Meu Quarto, Minha Inocência”
Entre os dias 28 e 31 de maio, o CREAS e os quatro CRAS do município (Vida Nova, Recanto dos Oitis, Bem Viver e Nova Era), realizaram mais uma edição da ‘Campanha contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’ em Fernandópolis.

Neste ano, a campanha levou ao público o espetáculo teatral “Meu Quarto, Minha Inocência”, que aborda a violência e exploração sexual de forma lúdica, com música, brincadeiras e informações, narrada por um palhaço que traz histórias alusivas às situações juntamente com bonecos e demais atores. Ao todo foram realizadas cinco apresentações, nos territórios do CRAS e no distrito de Brasitânia.

O coordenador do CREAS, Vitor Mendonça, ressalta que o objetivo é estimular a população à sensibilização quanto ao tema.

“É muito importante a experiência vivida pelos usuários que puderam assistir à peça, bem como a parceria realizada com os CRAS na articulação com seus territórios para a mobilização da comunidade, que até mesmo apresentaram musicais de organizações como dos projetos “Os Sonhadores” e “Girassol”, diz Mendonça.

“Conseguimos, mais uma vez, unir e sensibilizar toda a sociedade, que assumiu o compromisso no enfrentamento da violência sexual contra as crianças e adolescentes”, comemora o vice-prefeito e secretário municipal de Assistência Social e Cidadania, Gustavo Pinato.

A CAMPANHA

Conforme instituído pela Lei Federal n° 9970/00, o dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde o surgimento da data, a sociedade civil, em parceria com os governos municipais, estadual e federal, organiza e promove atos de mobilização social e política com o objetivo de ampliar a conscientização da população brasileira sobre a gravidade da violência sexual que atinge milhares de crianças e adolescentes no país. A violência sexual contra meninas e meninos ainda é uma realidade no Brasil, desta forma a data foi escolhida como marco da luta pelos direitos de crianças e adolescentes.

A campanha que acontece em todo país tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância e uma associação entre a fragilidade de uma flor e a de uma criança. Nesse sentido, o desenho tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação da sociedade com a causa do enfrentamento à violência sexual.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com