Quarta, 18 de Setembro de 2019
Presidente da AMOP entrega reivindicações a secretário de Turismo
04/06/2019 as 08:57 | Região | Da Redaçao
Liberato Caldeira reivindicou apoio de Vinicius Lummertz, e também do deputado estadual Carlão Pignatari, para implantação de gasoduto e a volta dos trens de passageiros na região
O presidente da Associação dos Municípios do Oeste Paulista (AMOP), Liberato Caldeira, ex-prefeito de Valentim Gentil, entregou, nesta segunda-feira, 3 de junho, ao Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinícius Lummertz, um ofício contendo reivindicações dos prefeitos e vereadores das cidades que compõem a área de abrangência da entidade.

O secretário estadual de Turismo esteve na cidade de Votuporanga, onde participou do 1º Encontro de Lideranças do Turismo do Noroeste Paulista, cuja finalidade foi discutir novas diretrizes para o programa “Municípios de Interesse Turístico – MIT”.

Na oportunidade, o presidente da AMOP reivindicou a implantação de gasoduto na região, cuja linha se encontra parada em Araraquara há mais de 30 anos. De acordo com Liberato Caldeira, a obra, se realizada, traria uma economia considerável para os motoristas, sobretudo aqueles que sobrevivem do serviço de transporte de passageiros, muito utilizado por turistas, já que o gás é cerca de 70% mais barato que os demais combustíveis.

Outra reivindicação em pauta foi a volta dos trens de passageiros, que além de ser um meio de transporte mais econômico, serviria para fomentar o turismo em todas as cidades no curso, bem como a recuperação das estações ferroviárias, objetivando a geração de mais empregos e oportunidades.

Durante o evento, Liberato também solicitou ao deputado estadual Carlão Pignatari, líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, apoio à pauta de reinvindicações junto ao governador João Dória e ao Presidente da República Jair Bolsonaro.

O presidente da AMOP destacou que a entidade possui uma preocupação especial com o desenvolvimento do turismo na região noroeste. “Em tempos de crise, o turismo deve ser visto como uma das principais ferramentas, senão a principal, para gerar emprego e renda, pois ele é fomentado, principalmente, pela prestação de serviços”, afirma Liberato.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com