Quarta, 22 de Maio de 2019
Santos vence o Vasco com gols na segunda etapa e abre vantagem
18/04/2019 as 14:10 | Brasil | Da Redaçao
O Santos deu um passo importante rumo às oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (17). Jogando diante de sua torcida, na Vila Belmiro, o time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli bateu o Vasco por 2 a 0, com gols de Rodrygo e Jean Mota – ambos anotados na segunda etapa.

As equipes voltam a se enfrentar na próxima semana, em São Januário, no Rio de Janeiro. O Peixe poderá até perder por diferença mínima no placar que seguirá vivo na competição nacional de mata-mata. Aos cariocas restam triunfar por três gols de diferença para avançar sem a necessidade de disputa de pênaltis.

O jogo

O Santos iniciou o duelo tentando impor o seu estilo intenso e quase abriu o placar em ação de Cáceres para cortar cruzamento. Só que a expectativa de pressão santista não se confirmou. Sem muito brilho dos seus principais jogadores, o time parou na marcação do Vasco, que congestionou o meio-campo.

O cenário de marasmo só se alterava quando o Santos construía jogadas pelos lados, com Soteldo e Rodrygo. O jovem atacante era o nome mais perigoso do time, quase marcando aos 24 minutos, após driblar Danilo Barcelos e finalizar para fora. O Vasco tentou responder em alguns contra-ataques, mas o primeiro tempo terminou mesmo sem gols na Vila Belmiro.

No começo da etapa final, porém, o Santos movimentou o placar, numa jogada que envolveu os seus dois pontas. Logo no segundo minuto, Soteldo recebeu na esquerda, viu Rodrygo passando livre na outra ponta – Yago Pikachu não acompanhou – e fez um cruzamento preciso para o companheiro finalizar de primeira, fazendo 1 a 0.

O gol forçou o Vasco a sair para o campo de ataque, chegando a ameaçar o Santos em duas ações. Mas aí o time da casa aproveitou os espaços para marcar novamente. Aos 20 minutos, Rodrygo acionou Jean Mota, que fintou Danilo Barcelos e, com liberdade, até ajeitou o corpo antes de bater colocado, fazendo 2 a 0.

Soberano em campo, ainda que Alberto Valentim tenha tentado tornar o Vasco mais ofensivo, o Santos poderia ter ampliado aos 28, em uma linda ação ofensiva de Soteldo, que deu uma caneta em seu marcador, avançou em velocidade e tocou para Carlos Sánchez, que buscou Rodrygo. Mas, desequilibrado, o atacante bateu para fora.

Depois, os times diminuíram o ritmo. E o Santos, com Soteldo jogando no sacrifício nos minutos finais por conta de dores no pé direito – o time já havia feito as três substituições, assegurou o placar favorável para ficar mais próximo das oitavas de final da competição nacional de mata-mata.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com