Quinta, 25 de Abril de 2019
Maioria dos jogadores da Seleção Brasileira se apresenta
18/03/2019 as 15:58 | Brasil | Da Redaçao
Os jogadores da Seleção Brasileira se apresentaram confiantes ao técnico Tite, nesta segunda-feira (18). A maioria deles teve boas atuações e vitórias importantes no final de semana. Agora eles vão se preparar para amistosos contra Panamá e República Tcheca, nos dias 23 e 26 de março.

Os principais destaques do final de semana foram Militão, Alex Telles (ambos do Porto), Allan (Napoli), Felipe Anderson (West Ham), Éverton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool) e Richarlison (Everton). A maioria deles ainda busca se firmar na Seleção, então é importante que cheguem cheios de confiança.

Entre as poucas más atuações, vale destacar a falha de Alisson e as derrotas de Alex Sandro e Paquetá na Itália. Alguns também tiveram desempenhos discretos, como David Neres, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho. Apenas 3 não entraram em campo, por diferentes motivos.

Veja como foi o desempenho de cada jogador que vai defender a Seleção Brasileira:

Goleiros
Alisson (Liverpool-ING): não se entendeu com o zagueiro Van Dijk no gol sofrido pelo Liverpool contra o Fulham. Mas saiu com vitória por 2 a 1.
Ederson (Manchester City-ING): sofreu 2 gols no jogo contra o Swansea, mas sem culpa. O City venceu por 3 a 2 de virada, pela Copa da Inglaterra.
Weverton (Palmeiras): foi pouco exigido no clássico contra o São Paulo, não tomou gol e saiu com vitória por 1 a 0.

Zagueiros
Marquinhos (PSG-FRA): jogou como zagueiro, não comprometeu e comemorou vitória importante contra o Olympique de Marselha por 3 a 1.
Militão (Porto-POR): jogou como lateral direito, fez gol e foi um dos melhores em campo na vitória por 3 a 0 sobre o Maritimo.
Miranda (Inter de Milão-ITA): sofreu uma lesão leve no nariz e nem foi relacionado para o jogo contra o Milan, que terminou com vitória da Inter por 3 a 2. Ele estará liberado para jogar pela Seleção normalmente.
Thiago Silva (PSG-FRA): atuou como líbero na linha de 3 zagueiros do PSG e foi bem na vitória sobre o Marselha.

Laterais
Fagner (Corinthians): estava suspenso e por isso não jogou contra o Oeste. Mas comemorou a vitória corintiana por 1 a 0.
Danilo (Manchester City-ING): por opção do técnico, ficou no banco de reservas na vitória do City contra o Swansea, pela Copa da Inglaterra.
Alex Sandro (Juventus-ITA): jogou como ala e não foi bem. A Juventus perdeu por 2 a 0 para o Genoa. Alex até levou cartão amarelo durante o jogo.
Alex Telles (Porto-POR): também brilhou na vitória tranquila contra o Maritimo, com uma assistência e um gol de pênalti.

Volantes
Casemiro (Real Madrid-ESP): não jogou porque estava suspenso. Viu o Real vencer o Celta de Vigo por 2 a 0.
Allan (Napoli-ITA): teve boa atuação em vitória por 4 a 2 sobre a Udinese. Ele inclusive deu assistência para um dos gols do Napoli
Arthur (Barcelona-ESP): Lionel Messi foi o grande astro da vitória por 4 a 1 sobre o Bétis, mas Arthur também foi titular e contribuiu discretamente, ficando em campo até metade do 2º tempo.
Fabinho (Liverpool-ING): foi titular na vitória do Liverpool sobre o Fulham, com atuação razoável.

Meias
Lucas Paquetá (Milan-ITA): foi mal no primeiro clássico contra a Inter de Milão. Ele saiu no intervalo do jogo e viu o time perder por 3 a 2.
Philippe Coutinho (Barcelona-ESP): em má fase, foi reserva e só entrou nos minutos finais da goleada sobre o Bétis.
Felipe Anderson (West Ham-ING): o meia deu uma assistência na vitória emocionante sobre o Huddersfield, por 4 a 3.

Atacantes
Éverton (Grêmio): saiu do banco e foi bem na vitória por 1 a 0 sobre o rival Inter, que usou o time reserva.
David Neres (Ajax): não foi bem contra o Az Alkmaar, que venceu por 1 a 0. David foi substituído aos 30min do 2º tempo.
Gabriel Jesus (Manchester City-ING): teve a chance de ser titular na Copa da Inglaterra, mas foi apenas discreto. Ficou em campo o tempo todo na vitória por 3 a 2 sobre o Swansea.
Roberto Firmino (Liverpool-ING): jogou bem de novo e deu assistência para Sadio Mané fazer um dos gols na vitória sobre o Fulham.
Richarlison (Watford-ING): também se destacou e fez um gol na vitória contra o Chelsea, por 2 a 0.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com