Sexta, 22 de Março de 2019
CEI ouve duas testemunhas sobre Farra no Tesouro
15/03/2019 as 08:11 | Jales | Rádio Assunção
Na manhã de ontem (12), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) ouviu o auditor fiscal tributário municipal e ex-controlador interno da Prefeitura, Ricardo A. Cunha Junqueira e o sócio proprietário da empresa Meta Pública Consultoria e Assessoria em Gestão Pública, Adilson Maia, sobre os desvios de verbas públicas da Prefeitura de Jales.

A CEI foi criada para apurar suspeitas de desvios de mais de R$ 5 milhões em recursos públicos da Prefeitura Municipal, descobertas após a deflagração da Operação Farra no Tesouro da Polícia Federal. A Comissão tem como membros o vereador Fábio Kazuto (PSB), presidente, Vanderley Vieira (PPS), vice-presidente, e Bismark Kuwakino (PSDB), relator.

A CEI tem duração de 90 dias e foi prorrogada por igual período no dia 21 de novembro do ano passado. A data limite para encerramento da Comissão de Inquérito é dia 6 de abril.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com