Quinta, 23 de Maio de 2019
Governo de SP vai revisar procedimentos de segurança em escolas
14/03/2019 as 08:12 | Estado de São Paulo | Da Redaçao
A secretaria paulista da Educação informou na noite desta quarta-feira (13) que vai revisar os procedimentos de segurança “em todas as 5,3 mil escolas” estaduais de São Paulo. A medida acontece horas depois de dois ex-alunos invadirem – sem dificuldades – a Escola Raul Brasil, em Suzano (SP), e matarem cinco estudantes e duas funcionárias.

De acordo com nota divulgada pela pasta, está em estudo um “projeto para reforço à segurança nas escolas mais vulneráveis”. As aulas em unidades de ensino municipais e estaduais foram suspensas até sexta-feira (15), quando professores da rede pública discutirão propostas pedagógicas para acolhimento de alunos e comunidade escolar.

O governo estadual afirmou que vai dar suporte pedagógico e psicológico a pessoas afetadas direta ou indiretamente pelo massacre da escola “Ruy Brasil”, como erroneamente nomeou o colégio que foi cena de crime. Esse suporte terá apoio dos institutos de psicologia das universidades de São Paulo (USP) e de Campinas (Unicamp) e da prefeitura local.

As aulas na escola que foi cena do ataque serão retomadas somente na próxima terça-feira (19). Nesse dia, pais, alunos e profissionais que atuam na unidade participarão de projetos pedagógicos, com atividades livres, oficinais, apoio psicológico, rodas de conversa, depoimentos e compartilhamento de boas práticas, entre outras atividades.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com