Sexta, 22 de Março de 2019
Mais de 100 pessoas foram picadas por escorpiões em Votuporanga
12/03/2019 as 13:39 | Votuporanga | A Cidade
Votuporanga registrou neste fim de semana a primeira morte causada por picada de escorpião na cidade. Segundo os dados divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde a pedido do A Cidade, foram contabilizadas até o momento 104 ocorrências somente em 2019.

Conforme informado pela pasta, o município registrou em 2016, 455 acidentes com escorpiões; já em 2017, 588; e no ano passado foram 578 casos.
Em relação ao caso do óbito do garoto de 8 anos na madrugada do último domingo, “as equipes da Vigilância em Saúde realizam ações de controle no local do acidente, entre elas, manejo ambiental, captura e orientações à população. Essas medidas são adotadas quando há notificação de casos envolvendo escorpião”, notificou a secretaria.

Orientações
Segundo a Secretaria, independentemente deste ocorrido, o Setor de Controle de Endemias e Zoonoses (Secez) realiza diversas ações de prevenção periodicamente por meio dos agentes comunitários de saúde e de endemias. “São oferecidas orientações sobre manejo ambiental durante as visitas de rotina aos moradores; medidas importantes para evitar o surgimento de escorpiões, tais como, não acumular matéria orgânica (folhas, frutos e fezes de animais) e entulhos (telhas, tijolos, madeiras e restos de construção) nos quintais e terrenos; rebocar os muros; tapar os ralos durante a noite; verificar roupas, sapatos, móveis e utensílios de cama, mesa e banho antes de utilizá-los”, informou.

A pasta disse que é importante salientar que a população deve implementar algumas precauções para evitar o surgimento de escorpiões, como manter a residência sempre limpa e organizada, já que entulhos, materiais de construção, lixo e demais situações são propícios para o surgimento destes animais.

Munícipes
Caso um munícipe encontre algum escorpião na residência ou local de trabalho, é necessário fazer contato telefônico também com o Secez por meio do 0800 770 9786. A notificação é importante, mesmo que não ocorra acidentes, já que, quando notificado, o órgão tem condições de atender a cada um desses casos, por meio de orientações e visitas, se necessário.

Acidentes
Na hipótese de picada, a pessoa deverá lavar o local com água e sabão, sem torniquete, dirigindo-se imediatamente à UPA – 24h (Unidade de Pronto Atendimento) ou ao hospital “Fortunata Germano Pozzobon”, na Zona Norte.
Se for possível, capturar o animal e levá-lo ao serviço de saúde, pois a identificação da espécie do escorpião causador do acidente pode auxiliar no diagnóstico.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com