Segunda, 25 de Março de 2019
Corinthians e Santos ficam no empate sem gols
11/03/2019 as 08:42 | Brasil | Da Redaçao
Corinthians e Santos fizeram clássico movimentado, neste domingo (10), em Itaquera, mas que terminou empatado em 0 a 0. A partida começou atrasada após chuva de papel picado que tomou o gramado – e funcionários tiveram que varrer o campo. O destaque ficou para duelo tático de Fábio Carille e Jorge Sampaoli, a torcida que lotou a Arena, no entanto, não viu as equipes balançarem as redes.

No primeiro tempo, a equipe da casa levou vantagem, com jogadas rápidas pelas laterais e marcação pressão. No segundo, porém, o Santos equilibrou a partida e poderia ter inaugurado o placar. O empate fica de bom tamanho, mas a qualidade do jogo merecia gols de ambos os lados.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira (13), desta vez pela Copa do Brasil, contra o Ceará, no Castelão. Pelo Paulistão, a equipe retorna no domingo (17), contra o Oeste, em sua Arena em Itaquera, às 16h.

Já o Santos terá a semana livre para trabalhar até o confronto contra o Novorizontino, no Pacaembu, na próxima sexta (15), às 20h30.

O Jogo

O primeiro tempo, embora movimentado, foi mais tático do que ténico. Com uma proposta de jogo para evitar a troca envolvente de passes da equipe de Sampaoli, o Corinthians marcou pressão na saída de bola do adversário e conseguiu algumas boas oportunidades em jogadas de velocidade pelas laterais após bolas longas alçadas.

Logo aos 10 minutos, Sornoza, em belo chute de fora da área, assustou o goleiro Vanderlei. A equipe de Carille seguiu pressionando e exigiu boa defesa do arqueiro santista aos 13 minutos, em chute de Danilo Avellar que desviou em Pituca.

A dinâmica foi a mesma até o fim dos primeiros 45 minutos. O Corinthians com muita velocidade e o Santos tendo dificuldades para encaixar seu jogo, sem nenhuma finalização com perigo para a meta de Cássio.

No segundo tempo, Sampaoli colocou o Santos no ataque com as entradas de Cueva e Rodrygo no lugar de Jean Lucas e Alison. Aos 9 minutos, a primeira chance real santista apareceu nos pés do artilheiro Jean Mota, em chute da entrada da área que exigiu grande defesa do goleiro corintiano.

Muito mais movimentado, os times colecionaram boas oportunidades. Junior Urso levou perigo em chute de longe, enquanto Cueva teve chance de ouro após bobeada de Cássio, mas mandou para fora.

Conforme o tempo passava, as equipes puxaram o freio de mão, com receio de que um erro definiria a partida.

Não houve tempo para mais nada e o placar seguiu em 0 a 0.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com