Sexta, 22 de Fevereiro de 2019
Morador de Votuporanga perde processo contra clínica de Rio Preto
12/02/2019 as 14:14 | Votuporanga | VotuporangaTudo
A justiça de Votuporanga julgou improcedente um pedido de indenização de R$95 mil de um morador contra um médico oftalmologista de Rio Preto.

Ele alegou que durante um procedimento na clínica rio-pretense sofreu consequências graves, com deslocamento da retina e infecção, o que quase levou a perder a visão do olho direito.O processo se arrasta desde 2016.

Uma das fases decisivas foi a perícia do Instituto de Medicina do Estado, que descartou a falha do médico no procedimento, ou foi inclusiva para atestar a relação entre o problema causado no olho e o procedimento médico.

Com base no laudo, o juiz acatou a falta de nexo causal entre o procedimento de fotocoagulação (procedimento realizado) e o problema alegado pelo paciente (hemorragia e deslocamento da retina), por isso negou a indenização.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com