Segunda, 22 de Julho de 2019
Brasil surpreende Croácia e ainda sonha com semi no Mundial
21/01/2019 as 08:21 | Brasil | Da Redaçao
A seleção brasileira masculina de handebol continua fazendo história no Mundial disputado na Alemanha.

Depois de avançar à segunda fase da competição e já se garantir entre os 12 melhores do mundo pela primeira vez, o time comandado pelo técnico Washington Nunes surpreendeu neste domingo ao derrotar uma das favoritas ao título, a Croácia, que estava invicta na competição. Com uma boa defesa e eficiência nos contra-ataques, o Brasil venceu por 29 a 26, em Colônia, e segue sonhando com uma vaga nas semifinais.

Com o resultado positivo, o Brasil se iguala à Espanha na quarta colocação do Grupo 1 da segunda fase com dois pontos. Alemanha e França lideram com cinco, enquanto que a Croácia é a terceira colocada com quatro. Apenas os dois primeiros se classificam às semifinais e os outros disputarão do quinto ao 12.º lugares.

Essa foi a quarta vitória seguida do Brasil no Mundial. Depois de perder os dois primeiros jogos para França e Alemanha, a seleção nacional derrotou Sérvia, Rússia e o time unificado das Coreias para passar se classificar com o terceiro lugar de seu grupo. Nesta segunda fase, apenas os resultados contra quem avançou - no caso as duas derrotas - são contados e, por isso, somente os dois primeiros pontos foram conquistados neste domingo.

Com nove gols em 12 arremessos, Haniel foi o artilheiro e principal destaque ofensivo do Brasil - eleito também o melhor da partida pela organização do Mundial. Também marcaram Borges (5), Tchê (4), Toledo (3), Teixeira (3), Thiagus Petrus (1), Chiuffa (1), Leonardo (1), Rudolph (1) e Bombom (1).

Além do triunfo neste domingo, o Brasil tirou a invencibilidade dos croatas, tradicionais na modalidade. E vingaram a eliminação no Mundial do Catar, em 2015, quando o Brasil perdeu por apenas um gol em partida com arbitragem contestada até hoje.

No primeiro tempo, o Brasil virou com uma vitória parcial de 17 a 13, mostrando muita força e eficiência em seu sistema defensivo. Na segunda etapa, manteve sempre uma margem de segurança e quando passou por aperto, esteve ao menos dois gols à frente.

Nesta segunda-feira, novamente às 15 horas (de Brasília), na Lanxess Arena, o Brasil volta à quadra para enfrentar a Espanha. Em 2017, a seleção foi eliminada pelos espanhóis nas oitavas de final do Mundial por apenas um gol. Por último, na quarta, os brasileiros fecham a sua participação na segunda fase contra a Islândia, às 12h30.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com