Segunda, 22 de Julho de 2019
Morte de morador de rua é investigada pela Polícia Civil
13/01/2019 as 09:29 | S. J. do Rio Preto | DHoje Interior
A morte de um morador de rua está sendo investigada pela Polícia Civil. O caso aconteceu na manhã de sexta-feira (11), no bairro Chácara Municipal, em Rio Preto, e a suspeita é que tenha sido uma crise de hipoglicemia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de conduta inconveniente. No local, o morador de rua estava passando mal e não conseguiu falar com os militares.

O SAMU, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, foi acionado e levaram a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento, UPA, Tangará. No entanto, o morador de rua não resistiu e morreu.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, comerciantes da região teriam confirmado que o homem é morador de rua. Mesmo passando mal, a vítima teria gesticulado para os militares indicando que não havia sido agredido.

A suspeita é de que o morador de rua tenha tido uma crise de hipoglicemia, que é uma queda acentuada nas taxas de açúcar no sangue, comum em pacientes com diabetes. Quando isso ocorre, surgem sintomas como tontura, palidez e confusão mental.

A vítima ainda não foi identificada e o corpo foi encaminhado para exames detalhados no IML, Instituto Médico Legal. O laudo com a causa da morte deve ficar pronto em 30 dias.

Outra morte

A Polícia Civil também vai investigar a morte de uma idosa, de 61 anos, encontrada morta dentro na cozinha da casa onde morava, na tarde de sexta-feira (11), no Jardim Marajó, em Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, o corpo de Doris Deia Theodoro da Silva foi encontrado em avançado estado de decomposição pelo ex-marido dela, um aposentado de 50 anos. A vítima estava na cozinha, aparentemente sem sinais de violência.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, onde deve passar por exames para indicar a causa da morte. A perícia técnica também esteve no local.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com