Quinta, 19 de Julho de 2018
Turista tenta levar bomba da Segunda Guerra em avião
11/07/2018 as 18:21 | Mundo | Da Redaçao
Viajar sem trazer de volta uma lembrancinha é um pecado, né? É um pecado, a não ser que a lembrancinha seja um explosivo da Segunda Guerra Mundial e você esteja voltando de avião. Aí a pessoa precisa ter um problema sério de descolamento com a realidade, não é possível.

É o caso de uma turista americana que visitou a Áustria. Em um passeio nas proximidades da montanha Dachstein, encontrou no chão uma velha granada de artilharia e, em vez de chamar as autoridades e manter distância segura, pegou-a e levou para o hotel.

Em casos como este, normais em quase todas as cidades européias, até bairros inteiros são isolados para que se faça a detonação com segurança. No caso deste post, a jovem americana ainda limpou a granada antes de colocar na mala, já que poderia sujar sua roupa, informa o site da emissora alemã Deutsch Velle.

A noção passou tão longe que ela – ainda bem! – avisou às autoridades do aeroporto de Viena que carregava uma bomba na mala. E eu só consigo imaginar o rosto de incredulidade do funcionário do aeroporto que recebeu esta informação. A polícia foi chamada e isolou algumas partes do aeroporto por 15 minutos e a bomba foi retirada do local. A turista sem noção acabou multada em 4 mil euros pela idiotice.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com