Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Cientistas encontram cartas do século 18 em estátua de Jesus
05/12/2017 as 19:50 | Mundo | Da Redaçao
Cientistas espanhóis que estavam trabalhando na preservação de uma estátua de madeira de Jesus Cristo encontraram uma surpresa escondida na região do bumbum da imagem.

Dentro do bumbum da imagem havia duas cartas escritas a mão com data de 1777, assinadas pelo capelão Joaquín Mínguez, da catedral de Burgo de Osma, na Espanha. A estátua estava pendurada na igreja de Santa Águeda, em Burgos, também na Espanha.

Segundo a National Geographic, o capelão escreveu sobre o dia-a-dia da região, contando detalhes da economia e da cultura. E revelando o nome do autor da obra, Manuel Bal, também responsável por outras imagens sacras de madeira. O historiador Efren Arroyo disse ao jornal espanhol El Mundo que a intenção de Joaquín Mínguez era criar uma espécie de cápsula do tempo na estátua, contando às gerações futuras como era a vida em sua época.

Naquele ano, segundo Mínguez, a colheita de grãos – trigo, centeio, aveia e cevada, por exemplo – foi um sucesso. A produção de vinho também. Entre as notícias ruins estavam pragas de malária e febre tifóide.

Há também uma referência ao tribunal da Santa Inquisição. Para distrair, as principais atividades eram jogos de bola e de cartas. As cartas originais serão preservadas fora da estátua de Jesus, mas cópias serão colocadas no lugar para preservar as intenções de Mínguez.
MAIS LIDAS
ULTIMAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com