Segunda, 23 de Outubro de 2017
Peguei uma prefeitura falida e uma UPA eleitoreira, diz André
19/09/2017 as 13:45 | Fernandópolis | Da Redaçao
Irritado, o prefeito de Fernandópolis, André Pessuto, rebateu as críticas sobre o possível fechamento da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), disparando contra a administração da ex-prefeita Ana Bim, que inaugurou a unidade produto de uma situação eleitoreira.

Pessuto praticamente desabafou jogando toda a responsabilidade do que é a UPA e a situação que se encontra hoje nas costas de Ana Bim. Segundo ele, não havia condições para que a Unidade funcionasse em perfeitas condições, sem equipamentos, pessoal qualificado e outras necessidades importantes para atender a população.

“Herdamos uma cidade falida e quebrada e sem recurso pra nada, sendo que a UPA foi inaugurada com objetivo apenas eleitoreiro e agora o problema cai no meu colo. Estamos procurando o melhor caminho, pedido ao Ministério da Saúde que autorize o fechamento. Não prometemos em campanha que manteríamos a UPA aberta., ou contrário falos que era um programa eleitoreiro que estava acontecendo na cidade e o resultado está sendo agora”.

O prefeito citou que existem diversos pedidos no Ministério para fechamento de várias unidades no Brasil e usamos o deputado para intermediar o pedido de fechamento da UPA. Ele ainda mencionou que serão necessárias mudanças na Santa Casa para acampar todos os serviços, depois de ser questionado sobre a capacidade da entidade em dar um atendimento humanizado à população de Fernandópolis.

Pessuto ainda afirmou que houve problemas na estrutura física da unidade da UPA e teve que ser interditar duas vezes neste ano, devido a um período de chuva.

Ele pretende reutilizar o prédio para implantação de uma espécie de unidade de saúde mantida pela Universidade Brasil e pela FEF, sem custo para o município. Em contra partida, a Prefeitura faria um repasse de recursos para a o Pronto Socorro da Santa Casa de Fernandópolis.

Pessuto não gostou de algumas publicações da imprensa e pediu que ela tenha responsabilidade na divulgação das noticias, principalmente no caso da publicação onde um deputado federal teria pedido o fechamento da unidade.

NOTA
O RN manifesta pela veracidade dos fatos reafirmando que a Prefeitura pediu para que um deputado federal fizesse o pedido do fechamento do UPA no Ministério da Saúde, conforme cópias de ofícios publicados na noticia “Deputado Federal pediu o fechamento da UPA de Fernandópolis”.
MAIS LIDAS
ULTIMAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com