Sábado, 18 de Novembro de 2017
São Paulo perde mais uma e afunda de vez na zona da degola
17/07/2017 as 09:17 | Brasil | Da Redaçao
No confronto direto contra a zona de rebaixamento, a Chapecoense conseguiu vencer o São Paulo por 2 a 0 dentro da Arena Condá, em Chapecó, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com gols de Túlio de Melo e Lucas Marques, o elenco de Vinícius Eutróprio deu um passe importante contra a degola e ainda afundou o adversário nas últimas posições.
O time do Morumbi completou nove jogos sem vencer, com cinco derrotas e quatro empates.

Os números mantém o São Paulo com apenas 12 pontos, ainda a três da Ponte Preta, que perdeu para o Grêmio fora de casa e segue como primeiro time fora do rebaixamento, com 15. Se o Avaí vencer o Bahia ainda neste domingo, o cenário pode ser ainda pior. Já a Chapecoense chegou aos 18 pontos e agora já sonha com uma vaga na Sul-Americana da próxima temporada.

TENTOU DE TUDO

Precisando da vitória a todo custo, o técnico Vinícius Eutrópio pediu uma marcação alta aos jogadores da Chapecoense, ainda na saída de bola do São Paulo, para tentar surpreender o adversário. Do outro lado, o time de Dorival Júnior abusava da experiência do seu elenco para se manter com a posse. Logo aos 10 minutos Cueva cobrou uma falta na grande área, Pratto ajeitou de cabeça e Gómez tentou finalizar, mas Jandrei conseguiu espalmar.

Mais tarde, aos 18 minutos, foi a vez de Seijas tentou uma cobrança de falta da intermediária. Com muito veneno na bola, ele conseguiu jogar na trave de Renan Ribeiro. Com Cueva em mais uma tarde apagada, Goméz sofria para marcar o meio campo da Chapecoense e ainda armar as jogadas em velocidade. Aos poucos o time do São Paulo foi caindo de produção e dando mais espaço ao adversário, que desceu para o vestiário com confiança.

A primeira oportunidade do segundo tempo aconteceu logo aos seis minutos. Rodrigo Caio se aventurou no ataque e caiu pela esquerda. O zagueiro levantou a cabeça e fez um bonito cruzamento para Lucas Pratto, que testou no chão, mas não conseguiu vencer Jandrei. Mas, quem conseguiu tirar o zero do placar foi a Chapecoense, num lance que já se mostrou ser o calcanhar de Aquiles do time:a bola parada alçada na grande área.

VACILO...

Com 17 minutos, Jucilei tentou roubar a bola de Apodi e acabou fazendo a falta pela direita. Na cobrança Diego Renan jogou na linha da pequena área, Renan Ribeiro não saiu para afastar e Túlio de Melo apareceu no segundo pau para testar firme para o gol. Júnior Tavares estava no lance marcando o atacante e ainda assim não conseguiu vencer pelo alto. O gol aumentou o nervosismo no São Paulo, que se soltou ainda mais com a entrada de Denílson e Lucas Fernandes.

Mesmo com a mudança o São Paulo não conseguia assustar a Chapecoense. A principal jogada eram as bolas alçadas na grande área, mas o time não acertava um cruzamento. Até que, aos 46 minuto, Júnior Tavares tentou sair jogando e acabou perdendo a bola para Lourency, que deu o bote e viu ela cair nos pés de Lucas Marques. Ele ajeitou o corpo e bateu rasteiro contra Renan Ribeiro.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jogando no estádio do Morumbi, o São Paulo recebe o Vasco da Gama às 21h45, enquanto a Chapecoense vai até a baixada santista para enfrentar o Santos na Vila Belmiro, às 19h30.
MAIS LIDAS
ULTIMAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com