Segunda, 15 de Julho de 2019
Dupla sertaneja desfaz mal entendido sobre golpe
15/09/2007 as 08:42 | Votuporanga | Josy Mariano de Sá
João Renes Moreira, mais conhecido por João Renes e parceiro de Donizete de Oliveira Silveira, o Reny, esteve ontem em Votuporanga para desfazer um mal entendido e reverter a situação nada agradável que os levou da página policial, à oportunidade de aparecer numa matéria cultural. Como noticiado por A Cidade, na edição da última terça-feira, um homem de 55 anos que se passou pelo cantor João Renes, da dupla João Renes e Reny, começou a ser investigado e procurado após denúncia de estelionato pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Votuporanga. Segundo denúncia, ele teria conseguido R$150 do pai de duas crianças que formam uma outra dupla na cidade, como a dos sertanejos João Renes e Reny. S.A.P (iniciais do verdadeiro nome do golpista), 55 anos, chegou na cidade na quinta-feira da semana passada, dizendo ser o cantor da dupla e ficou hospedado em um hotel até domingo à noite. Durante este período, ele fez amizades, conseguiu contatos da dupla votuporanguense e aplicou o golpe oferecendo aos pais das crianças a participação delas no novo DVD de João Renes e Reny. O golpista ainda tentou fazer outras vítimas, buscando dinheiro emprestado, mas sem sucesso. Natural de Igarapava, o falso cantor tem diversas passagens pela polícia por prática de estelionato. Ele já aplicou golpes em diversas cidades da região, como São José do Rio Preto.

Explicações
Em entrevista ao jornal A Cidade na manhã de ontem, João Renes, o original, disse que o estelionatário perturba a dupla aplicando golpes em seu nome há quase 20 anos. Segundo o cantor que diz tocar e cantar com Reny há 24 anos, o golpista passou a aplicar golpes como comprar em shoppings ou se hospedar com cheques roubados ou falsos, conseguir dinheiro emprestado, ter acesso a lugares reservados e até comprar carro no nome da dupla, desde que os sertanejos passaram a se hospedar em um hotel em São Paulo. "Esse sujeito atenta a gente deste 1989. Nunca denunciamos porque não sabíamos o nome dele, a cara e nem por onde andava. Só em 1991 ficamos cara a cara com ele, mas ele some um tempo e depois volta a dar golpes. Descobrimos tempos depois que ele e a sua esposa moravam em frente a um hotel onde nos hospedávamos por temporadas longas em São Paulo, por mais de dez anos", relata João Renes. A última investida do falso cantor e ao mesmo tempo divulgador às avessas da dupla, foi em Uberlândia, no ano passado. Ele diz que quase sempre demoram a saber dos golpes e que quando isso acontecem eles procuram as cidades S.A.P esteve para tentar limpar o nome. "É complicado porque até a gente corre o risco de ser preso pensando que é ele. Isso atrapalha a vendagem de shows, CDs, e até tocar nas rádios. O complicado é que muitas vezes ficamos sabendo do golpes seis meses depois do acontecido", conta o cantor. Desta vez, João Renes disse que ficou sabendo pela internet e por um amigo que ouviu a notícia numa rádio de Jales e o avisou.

"Estrela Maior"
Aproveitando o nome na mídia, curiosamente, João Renes passa agora pelos órgãos de imprensa que divulgaram o golpe, para divulgar seu novo CD — "Estrela Maior". "Fazemos um sertanejo romântico, de mensagens sociais e de fé também e estamos entrando agora na onda do sertanejo universitário", divulga. No novo CD, João Renes diz que foram gravadas 10 músicas sendo cinco inéditas e cinco regravações. A música de trabalho é a que dá nome ao disco "Estrela Maior", de autoria de João Reny e Reges Antônio. Ainda entre as músicas estão "Show de Deus", "Segura na Mão de Deus","Garoto Abandonado", "Foi Deus que Fez Você", "Rosas e Versos", "Gatora Manhosa", "Adeus Solidão" e "Caminhos do Sol". Entre os cantores regravados estão Gino e Geno, Ataíde e Alexandre, Amelinha, Carmem Sílvia e Zizi Possi. Os contatos para show são (34) 9168- 2501. O site da dupla é www.joaorenesereny.com.br.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com